Shreya AroraQuadrinhos 

Artista indiana redesenha capas de revistas em quadrinhos “sexistas”

Uma artista na Índia está desenhando quadrinhos sexistas de mulheres em parodiando-os usando heróis masculinos em poses tipicamente associadas a mulheres.

Shreya Arora tem 21 anos e é estudante de Designer Gráfico no instituto Nacional de Design, Ahmedabad.
Este projeto da jovem ilustradora teve inicio dentro das salas de aula, mas como estamos vendo, as coisas parecem que não ficaram apenas na sala.

She-Hulk tem força e velocidade sobre-humana e é um dos combatentes mão-de-mão mais formidáveis ​​do mundo da Marvel.

Como Hulk, ela não só tem poder físico como também é completamente verde.

Ainda, em uma capa de revista em quadrinhos de 1991, ela é mostrada em uma pose sedutora, vestindo um biquíni de fio-dental, com suas curvas acentuadas acentuadamente.

A artista indiana Shreya Arora ficou chocada quando viu a imagem.

“Para Hulk, a representação visual concentra-se em sua força. Para a She-Hulk, tudo o que vemos é uma ênfase na sexualidade”, diz Arora, que cresceu lendo histórias em quadrinhos.

A designer gráfica de 21 anos decidiu que queria mudar a narrativa.

shreya arora
She-Hulk e Hulk mudam de papéis em capa desenhada pela Designer gráfica Shreya Arora

Se o Super-Homem substituísse a Mulher Maravilha em qualquer filme ou revista em quadrinhos, talvez não se pudesse ver muita diferença. Mas se os dois trocarem de lugar na capa de uma revista Wonder Woman, o resultado pode fazer você se sentir desconfortável.

Imagine um Super-homem meio vestido, posando de uma maneira que acentua o peito e a bunda dele, sorrindo suavemente, exatamente como faz a Mulher Maravilha. 

Arora sustenta que os quadrinhos são misóginos, particularmente nas capas da frente.

“Padrões corporais para homens, com enormes bíceps e abdominais duros, existem para torná-los fortes e poderosos, pelos quais os super-heróis são conhecidos”, diz ela.

“Os padrões corporais para as mulheres são ajustados para que pareçam sexy.

“As pessoas consideram os tipos corporais de mulheres atléticas e fortes, como Serena Williams,” masculinas demais “.

“Se os criadores quisessem fazer com que as super-heroínas parecessem fortes, eles teriam muita inspiração da vida real para escolher.”

Confira as outras artes recriadas por Shreya Arora:

shreya arora

Com este projeto, Shreya quer iniciar uma conversa e fazer as pessoas questionarem por que super-heróis e super-heroínas são retratados de forma diferente.

Oque vocês acharam da iniciativa da jovem artista? Deixe aqui nos comentários. 

(Visited 1 times, 1 visits today)

Artigos Relacionados